Tudo sobre comprar um imóvel, investir ou alugar

Autor: valore  |  Data de publicação: 23 de março de 2016

Valor do condomínio: como saber se o valor é justo

Valor do condomínio: como saber se o valor é justo

Quando você está buscando por um novo apartamento ou uma casa em um condomínio fechado, é comum achar um imóvel bacana, porém com um condomínio muito caro. Às vezes, o valor do condomínio chega a ser exorbitante, principalmente em imóveis menores, de um quarto só, por exemplo.

Se você procurou um novo lugar para morar, certamente se deparou com essa situação. Mas você já parou para pensar como esse valor é calculado? E, o mais importante, se esse valor é justo?

Pensando nisso, vamos explicar hoje como funciona a composição da taxa de condomínio e como cada cota é definida. Conhecendo melhor essas informações, você será capaz de analisar de maneira mais completa se o que você paga faz jus ao oferecido.

Definição do valor do condomínio

O que você paga de condomínio é referente ao custo que a administradora tem para manter o local em funcionamento. Esse custo é dividido pelo total de apartamentos ou casas que compõem o condomínio.

A maior parte das pessoas acredita que, quanto mais luxuoso o condomínio em termos de lazer, mais caro será o condomínio. Pode ser, mas essa não é a regra. Os pontos que mais influenciam são a quantidade de funcionários, os serviços prestados e a quantidade de condôminos para ratearem esses gastos.

Custos mensais fixos

É preciso levar em conta o que o condomínio oferece. Com uma portaria 24 horas, por exemplo, será preciso pagar o salário dos porteiros (que, para cumprir a carga horária, deverão ser 3 ou 5). Adicione aí o salário da equipe de limpeza e de segurança, se houver. Tudo isso é dividido pelos moradores, com todas as obrigações trabalhistas, como INSS e FGTS.

A manutenção obrigatória de certos equipamentos, como elevador, limpeza da piscina, aparamento da grama e manutenção de quadras e academias de esportes, também gera gastos significativos que entram na conta final.

A luz e a água podem variar, mas são feitas amostragens para obter uma média de gastos. Esse valor também causa um impacto forte na taxa condominial. Gerenciamento de câmeras de segurança e manutenção de para-raios são também incluídos nessa conta.

As áreas de lazer, no fim das contas, são as que menos gastam, porque, depois de feitas, demandam gastos menores, apesar de agregarem muito valor ao imóvel.

O que podemos notar é que, obviamente, um prédio sem porteiro e sem área de lazer terá uma taxa de condomínio muito menor do que um prédio de luxo, com sauna e academia.

Forma de divisão dos custos

O tamanho dos imóveis em BH também influencia na hora de dividir o valor entre os condôminos. Um apartamento de 3 dormitórios com sacada não paga o mesmo valor da kitnet. Os condomínios determinam como a cobrança será feita, definindo uma fração para cada imóvel de acordo com o seu tamanho e formato, para saber quanto cada um deverá pagar em relação ao valor total.

É importante consultar as regras antes de alugar, assim, você saberá como tudo está sendo feito, evitando dores de cabeça para o futuro.

É caro ou não é?

Agora que você sabe a composição da taxa condominial, fica mais fácil de perceber se o preço que você está pagando é o justo para o que você vai obter.

Não tem como dizer, preto no branco, se um valor tal é justo e outro é injusto. É preciso analisar a situação. Os condomínios descriminam na cobrança exatamente pelo que você está pagando, então, é importante sentar e ler com atenção. E o mais importante: comparar! Existem serviços iguais por preços diferentes, basta procurar.

Você gostou das nossas dicas? Então, que tal compartilhá-las nas redes sociais para que seus amigos não tenham mais dúvidas sobre o valor do condomínio!

CTAs-02

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

    Artigos relacionados

    5 de maio de 2021
    Entenda quais os principais gastos ao morar sozinho

    Quem decide morar sozinho deve se empenhar em um bom planejamento financeiro para não ter surpresas desagradáveis no futuro. Afinal de contas, se todos os custos não forem muito bem dimensionados, essa grande mudança de fase em sua vida pode ser marcada por dificuldades. Convenhamos, se frustrar nessa experiência e voltar para casa dos pais […]

    Continue lendo
    26 de abril de 2021
    Armários embutidos nos quartos e cozinha: opção para valorizar imóveis

    Valorizar imóveis que estão disponíveis para venda é uma excelente estratégia para concretizar rápido uma transação imobiliária.  Investir em armários embutidos nos quartos e cozinha é fundamental para ajudar nesta valorização. Para saber mais sobre como usar esses móveis fixos como argumento de venda, preparamos este artigo com dicas para você deixar sua casa ou […]

    Continue lendo
    5 de abril de 2021
    Erros mais comuns ao comprar imóveis: saiba quais são e como evitá-los

    As transações imobiliárias, assim como os investimentos financeiros, podem ser muito lucrativas e também complexas para quem não está envolvido com o mercado imobiliário. Por isso é fundamental conhecer quais os erros mais comuns ao comprar imóveis e o que você pode fazer para evitá-los. Elaboramos este artigo para te ajudar nisso. Aproveite! Erros mais […]

    Continue lendo
    Deixe que a Valore encontre o imóvel perfeito para você!
    envelopephone-handsetmap-markerbubblepointer-right linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram